Compulsão Alimentar

Comida

Compulsão: “Força a que compele a repetir um ato não deliberado, ou mesmo contrário à vontade da pessoa”.

Compulsão alimentar é um assunto sério e que a gente fala muito pouco. Eu precisei pagar alguém por muitos meses para entender que eu tinha um problema com a comida, foi difícil entender isso. A comida sempre foi/é fonte de conforto e união. A família se reúne para comer. Os amigos se encontram para comer. Os casais saem para comer. As reuniões de trabalho tem comidinha. A vizinha nova trouxe um bolo para dar oi. A tia manda bolachinhas frescas com a receita da avó. A sogra prepara o nosso prato favorito para agradar. O brigadeiro gourmet tem que provar. Como é que não vou comer o waffle de nutella quando for pra Amsterdam? Imagina ir pro Brasil e não comer o pão-de-queijo! Todas essas coisas são perfeitamente saudáveis e lindas se você não tem compulsão. Se você tem e está de dieta, qualquer um desses eventos pode ser o gatilho para o pensamento “agora que estraguei tudo, por que não ir até o fim?”. E daí recomeçar na segunda-feira. Ou depois do aniversário da tia. Ou depois do casamento da prima – melhor começar no ano novo logo, afinal logo vem o Natal e fazer dieta durante as festas não tem como. Tudo é um extremo quando você é compulsivo, não existe equilíbrio.

Não tem como comer só uma bolachinha.

Não dá pra comer só uma fatia de pizza.

É impossível abrir o pacote de salgadinho e deixar o resto pra depois.

Sair da dieta só por uma refeição e depois voltar é para os fortes.

Pode até ter equilíbrio na frente dos outros. Mas depois que a socialização acaba, sempre dá pra comer mais. Tem sempre uma tele-entrega amiga pra terminar a noite. Não é fácil como parece. Vai e volta.

Venho trabalhando na compulsão há quase 3 anos. Pra mim já funciona até o lance de “só hoje à noite” ou “só durante as duas semanas de férias”, mas a partir do momento que abro muitas excessões, não apenas saio dos trilhos, como me atiro so vagão direto em um pote de sorvete de doce-de-leite.

Na noite passada eu sonhei que estava comendo um sorvete de doce-de-leite do tamanho de um cone de sinalização de trânsito. Sério. Eu acho que vocês devem ter un sonhos mais interessantes que o meu. Desde que comecei o #whole60 tenho sonhado constantemente que estou comendo doces. Que aflição.

Por causa desses episódios que é importante pra mim completar esse desafio. Durando o #whole30, de alguma forma, eu me sinto “segura”.

Obrigada pelo apoio ❤

Anúncios

8 comentários sobre “Compulsão Alimentar

  1. “It’s a slow process. Keep going!” ❤
    Sei exatamente como é isso de compulsão – que recentemente comecei a lutar contra – e vejo o quão difícil é, BUT TENHO CERTEZA que você vai continuar firme e forte nessa mudança de hábitos, a cada ano mais e mais, até que o cérebro se acostume de que THIS IS THE WAY YOU WANT TO DRIVE IT. Os resultados já estão evidentes e brilhando nos seus olhinhos: você está cada dia mais saudável, mais bonita, mais feliz, mais perto de quem você caminha para ser. 🙂 Do que você se alimenta reflete em quem você vai se tornando: da comida que ingere aos pensamentos com os quais se nutre. "The secret of change is to focus all of your energy not on fighting the old, but on building the new." ❤ Yes! We can, Carla!
    Besos!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa parece que escrevi isso. Sigo a Paleo ha quase 3 anos, sou compulsiva e só consegui diminuir os episódios de compulsão com a deita paleo. Preciso fazer tudo muito certo, se errar em um docinho é como vc falou ja ferrei tudo agora vou comer tudo que não comi. Luto pra esses episódios diminuírem…bj

    Curtir

  3. Me identifiquei demais! Eu tenho uma relação difícil com a comida. Sempre amei cozinhar e comida sempre foi sinônimo de amor/união para mim. Porem, depois de procurar ajuda profissional que percebi o quanto sou compulsiva e agora estou procurando alternativas para ser uma pessoa com habitos melhores. Amei seu blog! Vou continuar acompanhando 🙂

    Curtir

    • Obrigada @May ❤ Dá uma invejinha daqueles que conseguem comer um só, haha. Mas o bom é que a gente descobriu e consegue observar quando está indo pro extremo ^_^

      Adorei a visita e desculpa a demora da resposta!

      Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s