Resultado de 30 dias do Whole30

Screen Shot 2018-03-17 at 17.07.33Esse post demorou 17 dias pra nascer, desculpa gente. Entre o fim do whole30 de fevereiro e hoje estive tão engasgada que ficou difícil de escrever qualquer coisa relacionada ao meu diário alimentar, ao meu corpo, às minhas motivações. Mas estava nas nossas metas, então vamos lá, ela não gostaria que eu deixasse a peteca cair. Se ela visse que demorei 17 dias provavelmente já teria me puxado as orelhas, dizendo Carla Arend, cadê você?

Então vamos lá, internet: Estou feliz em reportar que o WHOLE30 FEBRUARY 2018 foi concluído com sucesso!

No dia 27 de janeiro eu escrevi um post falando as coisas que eu queria conquistar nesta rodada. Copiei aqui embaixo e respondi se rolou ou não:

  • Queria ter diminuído o nível de anticorpos atacando minha tireóide: Não sei se rolou, a médica disse que eu precisava seguir na dieta mais 2 meses antes de fazer o exame, ela acha que 1 mês não teria mudança significativa.
  • Queria ver um aumento nos meus níveis de energia: Esse demorou gente, mas chegou. Nos últimos 4 dias da rodada estava acordando SEM O DESPERTADOR! Vitória!
  • Queria ter eliminado pelo menos metade do peso adquirido nas férias (-3Kg): Ostentei nesse objetivo e eliminei maravilhosos 5.4Kg – quase todo o peso das férias. 2Kg para voltar a estaca zero agora.
  • Teria deletado a dor embaixo do meu calcanhar esquerdo que já me incomoda há uns 8 meses: Não deletei a dor não, continua. Na semana que vem vou ao médico ver isso.

Quer mais?

  • -5cm de busco, -5cm de cintura, -6cm na linha do umbigo :O DEZESSEIS CENTÍMETROS A MENOS.
  • Senti uma diminuição nos meus sintomas da Hashimoto’s: minha memória melhorou muito, estou mais concentrada e focada do que nos últimos 4 meses.
  • Diminuição incrível nas dores ‘nas juntas’
  • Só sonhei com doces uma vez
  • Dormi muitíssimo melhor quase todas as noites, desde o começo
  • James fez a rodada comigo, eliminou quase 6Kg e 20cm de medidas. Dormiu melhor.

Aqui uma fotinho da minha pança com a mesma calça e o mesmo cinto (dia 1 na esquerda, dia 30 na direita):

D0B99DB4-1441-4DBF-9407-99163887A6DC

E agora? What’s next?

Retomei o Instagram e estou fazendo 15 dias limpinhos até a páscoa. Vou dar um break no feriado da páscoa e estou planejando 30 dias mega-maravilhosos de foco em Abril. Não vai ser whole30, mas vai ser bem limpo e bem low-carb (do dia 3 de abril até dia 2 de maio), se você estiver focado e quiser fazer comigo, entra nesse grupo aqui. Prometo que vai ser divertido ❤

 

Resultado de 10 Dias de Whole30

Screen Shot 2018-02-08 at 15.07.45

Já se passaram dez dias, quase onze, do começo dessa rodada do whole30. Não tenho postado o diário aqui no blog porque a vida tá muito corrida, mas tenho rigorosamente publicado uma foto de todas as minhas refeições no insta. A comunidade do whole30 na internet é maravilhosa, muita inspiração pelas hashtags do whole30, lowcarbs, paleos, ketos e afins 😀

Alguma coisa mudou (em mim) desde a primeira vez que eu fiz o whole30 para esta vez agora. Meu desespero por um docinho, um queijinho ou um creminho simplesmente não apareceu (ainda). Quem me conhece sabe que queijo e eu andamos lado a lado, mas para minha surpresa, tem um parmesão ali na geladeira que olho e penso: fica aí que você vai durar até março, não tenho vontade de dar nenhuma raladinha nele.

Acho que meu *arg* medo da Hashimoto’s é o que tem me feito focar em outras coisas. Eu quero muito ver os sintomas da doença irem desaparecendo. Não estou vendo quase nada por enquanto. Na semana passada estava menos cansada do que nesta semana, sério, ontem e hoje se eu não tivesse me jogado pra fora da cama pra tocar a vida, poderia ter ficado dormindo o dia inteiro. Dormi 10 horas e acordei mais cansada do que quando fui deitar. Só quero que isso passe logo e eu volte a ter a energia que eu tinha em 2016.

Em compensação, percebi duas coisas maravilhosas:

  • [Não leia se vc não tem interesse no processo digestivo das pessoas haha] Tenho ido ‘ao banheiro’ praticamente todos os dias na última semana, eu sou uma pessoa extremamente ‘travada’ nesse sentido, então é um alívio
  • Minha aliança já não está apertada 😀

Isso aí, mais 20 (19) dias pela frente. Acho que essa é só a primeira rodada do ano, pq tá devagar o negócio.

Whole30 LowCarb Fevereiro 2018

Photo by NeONBRAND on Unsplash

Oi amiguinhos,

Estou me preparando para dar a largada ao primeiro whole30 de 2018 e vou compartilhar a jornada aqui no blog. Decidi fazer isso porque até hoje recebo comentários queridos de gente que encontra o blog por causa da minha primeira rodada do Whole30 em 2015, e se inspira para o Whole30 no Brasil. Vou começar na segunda-feira dia 29 de janeiro, provavelmente com um omelete de espinafre haha. Dessa vez a necessidade de fazer um whole30 não é muito diferente das outras vezes, mas vem de uma pressão pela saúde muito maior.

[Alerta de textão, pode pular essa parte e ir direto pras logística do whole30] Uns meses atrás eu comentei que fui diagnosticada com Tireoidite de Hashimoto’s, né? E que eu estou tentando reverter naturalmente sem remédios sintéticos, né? Pois é. Um dos vilões da Tireoidite de Hashimotos é o glúten. Então, naturalmente, a primeira coisa que qualquer pessoa que consegue entender as coisas logicamente faria, seria parar de consumir glúten, né? Mais fácil ainda pra mim, que desde 2013, quando comecei a ser lowcarb, reduzi drasticamente o consumo de glúten. Ele era apenas parte das minhas escorregadas. Ele não fazia parte da minha vida. Mas daí, vai entender, quando eu descobri que não poderia nunca mais comer glúten porque ele faz mal para a minha saúde (não só para o meu emagrecimento), eu fiz o quê? E fui de férias pro Brasil e eu comi glúten todos os dias por mais de 3 semanas. Eu bebi cerveja, eu nem gosto mais de cerveja, mas eu bebi cerveja! Também consumi açúcar em todos os formatos.  Isso não foi uma decisão inteligente. Não sei explicar. Eu não tenho dificuldades de aprender as coisas. Acho que sou até bem inteligente. Mas daí foi como se ligar o botão de #$%-se fosse me salvar da Hashimoto’s. Não salva, gente. Não salva mesmo. O que aconteceu foi justamente o contrário. Eu fiquei inchada, eu fiquei meio pra baixo, eu fiquei cansada, eu fiquei com dores musculares, eu não consegui mais subir a escada da estação correndo (de subir caminhando eu já fiquei ofegante), eu vi um peso na balança que eu não via desde antes do meu primeiro whole30. Deprimente, sério. Não bastassem todos os sintomas chatos da Hashimoto’s, agora minhas roupas também estão apertadas.

Eu já sei que quando se tem Hashimoto’s o emagrecimento é bem mais lento, isso se há emagrecimento at all. Mas eu sou uma otimista e tenho um plano pra controlar a compulsão e me colocar nos trilhos em 2018. Parece que eu só consigo progredir se eu vou no 8 ou 80, então vou nos 20g de carb por dia com comida de verdade, que é o que mais funcionou pra mim nos últimos cinco anos.

Como eu vou fazer o whole30 lowcarb?

  • A gente sabe que whole30 não é necessariamente lowcarb, mas o meu será o mais lowcarb possível, batata-doce vai ter que ser limitada hehe
  • 3 refeições de comida de verdade por dia, a dificuldade vai ser o café da manhã que eu adoro escapar, adoro um JI, mas vamos lá
  • Diário de alimentação, gratidões e conquistas, porque isso me faz muito bem

O que eu quero estar contando aqui após o whole30 de Fevereiro?

  • Que terei diminuído o nível de anticorpos atacando minha tireóide
  • Verei um aumento nos meus níveis de energia
  • Terei eliminado pelo menos metade do peso adquirido nas férias (-3Kg)
  • Se não for pedir muito, terei deletado a dor embaixo do meu calcanhar esquerdo que já me incomoda há uns 8 meses.

Alguém mais começando whole30? É muito mais divertido fazer com coleguinhas ^_^

Resultados do Whole30 (Whole60)

FullSizeRender-4

Que toquem as trombetas! Que rufem os tambores! O meu desafio particular do #whole60 terminou e vim aqui dar uma satisfação pra vocês. Juro que a minha verdadeira intenção era ter compartilhado mais posts, mas a vida laboral ficou agitada demais, acabei trabalhando horas extras no último mês e tudo o que eu menos queria era ficar na frente do computador em qualquer tempo livre. Enfim, estou super feliz de ter conseguido completar 60 dias sem industrializados no menu e, de tanto cozinhar, tive até que trocar o filtro do exaustor da cozinha.

Terminei o whole60 na quinta-feira da semana passada, dia 5 de novembro, um dia antes do meu aniversário de 30 anos! Olha +- tudo o que aconteceu nos últimos 60 dias:

  • Corri 2,5Km sem parar (naquela corrida de 5Km que participei);
  • Foram 7Kg eliminados (tá certo que quase 4Kg foi re-eliminação do que já tinha sido eliminado e foi recuperado na viagem para o BR), mas igual, yey!
  • O peso do dia 06/11/2016 não aparecia na minha balança desde 2003, ou seja, completei 30 anos menos gorda do que completei 20. CLAP! CLAP! CLAP! (sério, essa parte é muita alegria);
  • Entrei em uma calça jeans quase 8 tamanhos menores do que estava usando há exatamente 3 anos;
  • Cabou a alergia de novo o/

O que eu não consegui fazer, ou que não gostei:

  • Por falta de tempo e/ou criatividade, não me aventurei com vegetais novos;
  • Comi batata doce demais, na próxima preciso ficar mais lowcarb e menos whole30;
  • Não percebi uma melhoria no sono ou uma grande melhoria na energia como das outras vezes;
  • Depois da corrida que foi dia 10 de outubro, parei totalmente de me exercitar;
  • No dia 6, dia do aniversário, em vez de fazer a reintrodução como o protocolo do whole30 manda, comi e bebi tudo o que devia e não devia, e isso continuou no dia 7 e 8, muitas celebrações de aniversário cheias de açúcar e farinha.

E agora?

Desde terça-feira foquei de novo na dieta lowcarb, mas não whole. Tenho comido laticínios (queijos e cremes) e acho que isso não está me fazendo muito bem. Hoje acordei com a maior alergia. Vou evitar durante a semana para ver o que acontece. No mais a vida segue, contando os dias para as férias no Brasil em dezembro e já me preparando para iniciar uma nova rodada do #whole30 em janeiro!

Mais uma vez, obrigada por todas as mensagens de apoio e incentivo!

2012 vs 2015

Beijos! :*

Resultados do Desafio Whole30

FullSizeRender

Ontem foi o último dia do desafio e uma grande ansiedade tomou conta de mim. Apesar de no começo eu ter dito que perder peso não era a coisa mais importante, ficar sem subir na dona balança por 30 dias foi a parte mais difícil do desafio. Logo nos primeiros dias eu já comecei a perceber os benefícios da dieta, mas o medo de estar engordando ainda mais com toda a comilança não saiu da minha cabeça por um só dia. Enfim, aqui vão os resultados do meu primeiro whole30, estou MUITO MUITO MUITO feliz 😀

  • Fim da alergia matinal;
  • Não sinto mais dor nas juntas de manhã;
  • Durmo melhor, acordo disposta;
  • Melhora na concentração;
  • Não sei se foi o shampoo, mas to achando meu cabelo mais grosso! haha
  • Aprendi a comer: brócolis, cenoura, abóbora, aipo e couve de bruxelas
  • -5,8Kg na balança hoje de manhã, -6,5 hoje de noite, não sei explicar bem como, mas deve ter sido pq fiz jejum de presente de fim dos 30 dias, estava mega cansada de comer e cozinhar 3 vezes por dia!!! Amanhã de manhã vou pesar novamente e atualizo aqui.
  • -25cm em medidas (somando todas as partes do corpo que medi)

E agora, gente?

Bom, agora que eu estou mega-motivada a continuar por mais 30 dias. Amanhã começo de novo 🙂

Obrigada pelo apoio e audiência!! 😀

Terminei o Desafio Whole30 – Dia 30 de 30

IMG_4955É isso aí minha gente! Hoje foi o último dia da primeira rodada do desafio whole30, que não é uma dieta, mas uma maravilhosa maneira de alimentar o nosso corpo – e a cabeça. Amanhã vou verificar as medidas para ver os resultados “físicos” da coisa toda, espero que tenha tido algum, acho que sim, 3 pessoas falaram que pareço mais magra  ^_^

Como era o último dia, as coisas no trabalho estão mega-corridas e eu ADOREI a Sopa de Brócolis, decidi me alimentar dela no almoço e no jantar – no jantar adicionei pimenta e mais frango. Foi isso 🙂

30

Amanhã eu volto pra contar os resultados do desafio!! 😀

3030

Dias 18-29 do Desafio Whole30

IMG_4956

Eu não consegui postar todos os dias como tinha prometido no post anterior, mas eu consegui me manter na linha e os últimos 13 dias foram muito mais fáceis que os primeiros 17. Organizei as fotos do que comi por dia e fiz uma descrição curtinha. Ficou colorido e garanto que foi saboroso, não inventei nada horrível tipo abacate assado 😛

Desafio Whole30, dia 18 de 3018

Dia 18 foi uma maravilha, omelete com presunto de parma – a única marca que encontrei sem preservativos!! De almoço teve franguinho desfiado com vegetais e saladinha de rúcula e pro jantar essa maravilha maravilhosa que vocês conseguem ver nas fotos: abóbora, brócolis e carne de panela ❤

Desafio Whole30, dia 19 de 30

19

Essas “batatinhas-fritas” verdes são aipo assado. Acredite quem quiser. É bom até, não é batatinha, mas é bom.

Desafio Whole30, dia 20 de 30

20

Um dia que tem batata-doce assada no almoço só pode ser um dia feliz. Eu fui na fisioterapia esse dia e reaprendi a correr. E era sexta, e só por ser sexta já era um dia bom. O jantar foi um “resto da geladeira” basicão de toda sexta.

Desafio Whole30, dia 21 de 30

21

Na sexta-feira fomos posar na casa da sogra, levei um potinho com óleo de coco porque não tinha certeza como seria o café da manhã. Além do café com óleo de coco eu comi também ovo frito, mas a foto ficou muito estranha, acho que porque o marido serviu meu ovo no pratinho do ursinho pooh que era dele uns anos atrás 😛 Almoço foi em um restaurante, enlouqueci os garçons mas consegui montar um prato bem whole30. Jantinha foi o nosso novo favorito: Sopa de brócolis!

Desafio Whole30, dia 22 de 30

22

No domingo nós começamos a trabalha na pintura do apê novo, então o almoço foi marmita, teve lanche de ovo cozido quando voltamos pra casa e o jantar foi maravilhoso: filé mal passado, batata-doce assada e rúcula ❤

Desafio Whole30, dia 23 de 30

23

Da segunda-feira a novidade foi a janta, um franguinho na wok com muitos vegetais, ficou coloridíssimo e delicioso!

Desafio Whole30, dia 24 de 30

24

No dia 24 tentamos fazer a versão da sopa de brócolis couveflorizada. Em vez de brócolis usamos couve-flor, e em vez de alho-poró usamos cenouras. Ficou bem boa também, mas na próxima vez temos de colocar mais água, ficou meio pirão.

Desafio Whole30, dia 25 de 30

25

Dia 25 amanheci gripada. Corpo dolorido, olhos aguados, nariz “endupido”. Trabalhei de casa e o cardápio foi bem sem-gracinha, um pouco dontê e um guisadinho refogado com tomate, cenoura, abobrinha e cebola.

Desafio Whole30, dia 26 de 30

26

Dia 26 foi o pior dia de 2015, tive febre alta e passei o dia na cama, dormindo e tomando paracetamol. Não tinha a menor força para levantar ou comer. Foi um saco. O marido salvou a noite preparando um franguinho ❤

Desafio Whole30, dia 27 de 30

27

Dia 27 foi melhor que o 26, mas o gripão ainda estava presente. Foi melhor porque o marido também ficou gripado, e ficar gripado acompanhado é sempre melhor 😛

Desafio Whole30, dia 28 de 30

28

Sábado foi dia de obra! Café da manhã foi bem reforçado, quase esqueci de tirar foto da minha marmita na “reforma”, mas lembrei em tempo (sem glamour). E o jantar do sabadão não poderia ter sido diferente: Sopa de Brócolis!!

Desafio Whole30, dia 29 de 30

29

O penúltimo dia do desafio whole30 foi maravilhoso. Passamos o dia pintando o apartamento, mas o jantar que o James preparou ficou de lamber os dedos. Eu não sei como é o nome desse vegetal no Brasil, nem sei se tem, parece uma cenoura branca, aqui chama parsnips – tem carbo, mas muito menos de batata, e assado fica uma delícia!